Pular para o conteúdo

Conheça a suculenta Orelha de Elefante

- - - - - PUBLICIDADE - - - - -

Conheça a suculenta Orelha de Elefante

A suculenta orelha de elefante é muito interessante e quem gosta de suculentas, deve conhecê-la. Nativa da África do Sul, é um planta rústica fácil de cultivar. Normalmente se desenvolve melhor em áreas externas, mas também pode ser planta de interior.

orelha elefante

- - - - - PUBLICIDADE - - - - -

Sua característica marcante são as formas das folhas, que tem uma degrade de tons avermelhados nas pontas. Essas folhas podem mudar de cor com a intensidade da luz ou o calor a que são submetidas. Vão de um verde claro a um tom azulado ou amarelo creme, mantendo sempre as pontas avermelhadas.

Estão sendo muito usadas no paisagismo e jardinagem, pois são resistentes a condições de pouca água. Podem compor uma jardim decorado com pedras, e se adaptar com outras plantas e criar um ambiente lindo.

A suculenta orelha de elefante tem o nome científico é Kalanchoe tetraphylla, luciae ou tryrsiflora.

A suculenta tetraphylla pode atingir até 2 metros, com folhas carnudas e grandes. Portanto, elas precisam de espaço para se desenvolverem com saúde e vigor. Ela também pode florescer, mas será apenas uma vez em sua vida. Após esse processo de floração ela morrerá. Normalmente duram cerca de 4 anos.

Como a maioria das suculentas, é fácil de cuidar. O principal cuidado está no tipo de solo que deve ser arenoso e leve e não argiloso, com excelente drenagem.

Precisa de poucas regas, e suporta espaços grandes entre uma e outra. Se ficarem encharcadas, elas morrem por apodrecimento das raízes.

orelha

Essas plantas podem desenvolver pragas, como pulgões e cochonilhas. E neste caso um inseticida natural basta para resolver.

Sua manutenção requer a troca anual do vaso, para as que vivem nesta condições e as de jardim necessitam da retirada de folhas secas ou com danos.

Elas se multiplicam por mudas, feitas da própria planta (estaquia), ou filhotes que vão nascendo próximos ao caule e podem ser retirados com muito cuidado. É possível também encontrar sementes no mercado.

Para criar a muda da orelha de elefante a folha destacada deve ser plantada na terra e logo criam raízes.

Já com sementes é um processo demorado e até mesmo incerto, pois as sementes podem não germinar.

De todas as formas, é uma suculenta linda e vistosa que chama muito a atenção de admiradores.

Leia mais sobre Agro Jardim