Pular para o conteúdo

Decreto cria Parque Estadual Mata do Krambeck em Juiz de Fora – Uai Agro

- - - - - PUBLICIDADE - - - - -

A criação do Parque Estadual Mata do Krambeck foi anunciada  neste ano.  O despacho governamental foi assinado pelo governador Romeu Zema (Novo) em maio. Em 1992, o Governo de Minas criou a Área de Proteção Ambiental Mata do Krambeck, constituída por três propriedades particulares, cujos objetivos atendiam à preservação integral do patrimônio natural, devendo ser supervisionada e fiscalizada pela Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam) e pelo Instituto Estadual de Florestas (IEF). Com a publicação do decreto, a negociação para indenização a ser paga para as famílias proprietárias dos dois sítios que compõem a mata segue em andamento. No entanto, uma das propriedades foi desmembrada e, anos depois, adquirida pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), que fez da área o jardim botânico da instituição. Em 2018, o IEF, iniciou o processo de consulta pública do projeto de criação do parque. A medida teve como objetivo receber a opinião e sugestões das populações e instituições envolvidas, visando tornar tal processo mais transparente e participativo.

Plano de manejo

Com a criação do decreto, o próximo passo é finalizar a negociação das duas propriedades particulares que estão dentro do Parque Estadual Mata do Krambeck para que o estado possa, efetivamente, tomar posse da área como um todo. Em paralelo, o IEF, em parceria com a UFJF, está fazendo um levantamento fitossociológico detalhado do espaço para colaborar com o futuro plano de manejo da Unidade de Conservação, bem como um levantamento de trilhas, de cursos d’água e de animais.

- - - - - PUBLICIDADE - - - - -

Até a aprovação do plano de manejo, ações como extração de quaisquer recursos naturais da área do parque ficam vedadas, assim como o uso do fogo no perímetro da unidade de conservação em qualquer hipótese. Além disso, fica proibida a criação de bovinos, equinos e demais animais domésticos no interior da área do parque estadual, excetuadas as situações em que se comprove a existência de uso consolidado.