Pular para o conteúdo

Valadares quer fortalecer criação de cabras leiteiras – Uai Agro

- - - - - PUBLICIDADE - - - - -

Governador Valadares é um destaque do Vale do Rio Doce pela pecuária leiteira e de corte de bovinos. Tanto que a região possui várias indústrias de envasamento e produção de derivados do leite, além de matadouros que exportam para vários estados.

Uma nova vertente negócios tem surgido no agro valadarense e já chama a atenção dos produtores.  A caprinocultura é uma oportunidade lucrativa de diversificar a renda na propriedade rural.

- - - - - PUBLICIDADE - - - - -

A Universidade Vale do Rio Doce (Univale), o laticínio Barbosa e Marques, e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), querem fomentar a criação de cabras leiteiras para atender a demanda da cidade e região.

Para se ter uma ideia, a empresa precisa envasar mais de 10 mil litros de leite de cabra, por dia, e com isso tem adquirido a matéria prima no Rio de Janeiro. O avanço da atividade no Leste de Minas vai suprir essa necessidade e  ainda gerar renda.

Os produtores vão aprender sobre alimentação, nutrição, reprodução e sanidade animal. (Foto: Divulgação)

Capril da Univale

A universidade deu o primeiro passo. Ela quer unir o útil ao agradável. Ao criar um capril experimental, vai ter um laboratório de aprendizado para alunos e também dar um norte para quem deseja ter o primeiro contato com os animais para, futuramente, se tornar caprinocultor.

A infraestrutura funciona na Fazenda Experimental da Univale, no campus II. Os caprinos serão cuidados pelos professores e estagiários dos cursos de Agronomia e Medicina Veterinária.

O planejamento da universidade é capacitar os caprinocultores em parceria com o Senar. Além disso, a expectativa é a de que, em breve, o Curso de Farmácia inicie a produção de cosméticos com o leite das cabras.

Sobre as cabras

A universidade adquiriu 10 animais jovens da raça Saanen. Desses, 4 estão em fase de gestação, e todos têm entre 12 e 18 meses. Para a escolha dos caprinos, foram avaliados critérios como a qualidade genética e lactação.

Uma das cabras foi chegando à Univale e já pariu. (Foto: Divulgação)