Pular para o conteúdo

Roberto Jefferson lançou granada contra policiais federais

- - - - - PUBLICIDADE - - - - -

roberto jefferson x tse - valter campanato - agência brasil

Foto: Valter Campanato/Escritório Brasil

- - - - - PUBLICIDADE - - - - -

Em nota divulgada na tarde deste domingo (23), o Ministério da Justiça e Segurança Pública detalhou que dois policiais federais foram feridos por estilhaços de granada quando cumpriam ordem de prisão contra o ex-deputado Roberto Jefferson, na cidade de Levy Gasparian, no interno do Rio de Janeiro. O explosivo foi arremessado pelo próprio político, de contrato com o texto.

Segundo o ministério, os agentes, que não tiveram seus nomes divulgados, foram levados imediatamente ao pronto socorro e, posteriormente o atendimento médico, ambos foram liberados e passam muito.

A Polícia Federalista reforçou a equipe que procura satisfazer o mandado de prisão, e os policiais permanecem no sítio, onde Roberto Jefferson já cumpre prisão domiciliar. Ou por outra, a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro deslocou agentes do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e do 38º Batalhão (Três Rios) para darem pedestal à PF caso seja necessário.

O ministro do Supremo Tribunal Federalista (STF), Alexandre de Moraes, decidiu que Jefferson deve voltar à prisão preventiva pelo descumprimento das medidas cautelares impostas, porquê não postar nas redes sociais. Na última sexta-feira (21), em vídeo publicado na internet, Jefferson atacou a ministra Carmen Lúcia, referindo-se a ela com palavras de plebeu gíria.

Lastimoso incidente, diz Bolsonaro

Por meio das redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro informou que determinou a ida do Ministro da Justiça, Anderson Torres, ao Rio de Janeiro, para escoltar o curso do que considerou um lastimoso incidente. Já Torres escreveu que o ministério “está todo hipotecado em dissipar essa crise, com brevidade, e da melhor forma verosímil”.

Em vídeos gravados dentro de sua moradia, Jefferson mostra, por meio da câmera de segurança, a chegada dos policiais à ingressão de seu terreno e diz que vai “enfrentá-los”. Em um segundo vídeo, o político exibe a viatura da PF com o para-brisa baleado e diz que houve troca de tiros.

Fora de sua moradia, Jefferson filmou outro vídeo em que afirma que “não atirou em ninguém para pegar”. “Atirei no coche e perto deles”, disse ele, acrescentando que não vai se entregar.

Roberto Jefferson tentou candidatura à Presidência

roberto jefferson x tse - valter campanato - agência brasil

Foto: Valter Campanato/Escritório Brasil

Roberto Jefferson chegou a pedir registro de candidatura para concorrer ao incumbência de presidente da República, mas teve a solicitação negada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que o enquadrou na Lei da Ficha Limpa. Incapaz de disputar a Presidência, o partido dele, o PTB, lançou Padre Kelmon porquê candidato.

Mesmo com Padre Kelmon porquê cabeça de placa, o projecto de governo apresentado pelo PTB à Justiça Eleitoral destacava a imagem de “Bob Jeff”. Para o agro, o documento apresentava somente duas frases: “O PTB entende que a agropecuária é prioritária em um país porquê o Brasil, com sua potencialidade e dimensão geográfica. A lavra familiar deve ser estimulada.”

_________

Saiba em primeira mão informações sobre lavra, pecuária, economia e previsão do tempo. Clique cá e siga o Meio Rústico no Google News.