Pular para o conteúdo

Produtores rurais do Vale do Mucuri aprendem a operar drones  – Uai Agro

- - - - - PUBLICIDADE - - - - -

Produtores rurais de Nanuque e Serra dos Aimorés, no Vale do Mucuri, participam a partir desta segunda-feira (17) do curso de Operador de aeronaves não tripuladas (Drone). O evento é promovido pelo Sistema Faemg/Senar Minas, em parceria com o Sindicato dos Produtores Rurais de Nanuque. Ao todo, 20 produtores rurais devem ser capacitados nos dois cursos. Em Serra dos Aimorés, o evento começa na quinta-feira (20/12) e termina no sábado (22/10).

“Os cursos visam mostrar para o produtor rural uma geotecnologia que faz parte da agricultura de precisão. Neste curso a gente aborda a parte teórica, explicamos de onde vem essa ferramenta, quais são os tipos de uso e modelos de drones existentes no mercado. Na parte agronômica que é o foco do Senar, a gente mostra como fazer cálculo de área de talhão e o dimensionamento de um sistema de irrigação de um plantio. Com o drone é possível identificar o gado na pastagem, deficiência nutricional, hídrica ou ataques de pragas, entre outras coisas”, explica o instrutor Herberth Mota.

- - - - - PUBLICIDADE - - - - -

A tecnologia de precisão tem avançado nas lavouras do país. (Foto: Divulgação/Senar)

Teófilo Otoni

Na última semana, o mesmo curso foi promovido pelo Sistema Faemg/Senar Minas e o Sindicato dos Produtores de Teófilo Otoni, para duas turmas do município, também com instrução de Herberth Mota. Na ocasião, 17 alunos participaram do evento, entre eles, Ramom Maisch, estudante do Instituto Federal do Norte de Minas (IFNMG).

“Tive a oportunidade de participar do curso sobre georreferenciamento com drones e foi de grande proveito para mim, por abrir um leque de possibilidades no mercado de trabalho que está em expansão com os drones, principalmente no que tange ao levantamento de dados sobre o terreno e o processamento das informações coletadas. Destaco ainda os ensinamentos sobre o equipamento em si, como operar, quais cuidados necessários e os procedimentos pré, durante e pós voo, além da experiência única de pilotar um drone com as próprias mãos, já com os ensinamentos necessários sobre legislação e as boas práticas com os drones”, contou o estudante.