Pular para o conteúdo

Importação de fertilizantes deve tombar 50% em outubro

- - - - - PUBLICIDADE - - - - -

As importações de fertilizantes pelo Brasil devem registrar queda de 50% em outubro deste ano — isso no comparativo com o mesmo mês do ano pretérito. É o que apontou o diretor de teor do Meio Rústico, Giovani Ferreira, durante a edição desta terça-feira (25) do boletim ‘AgroExport’.

Ao conversar com o jornalista e apresentador Antônio Pétrin durante o telejornal ‘Mercado & Companhia’, Ferreira expôs números divulgados pela Secretaria de Transacção Exterior do Ministério da Economia. De conformidade com o órgão, o país comprou 4,7 milhões de toneladas de fertilizantes em outubro de 2021. Em outubro deste ano, as compras devem fechar o mês na mansão das 2,3 milhões de toneladas.

- - - - - PUBLICIDADE - - - - -

O apresentador do ‘AgroExport’ afirmou, nesse sentido, que o produtor brasiliano vive “um ano muito peculiar” em relação ao mercado de fertilizantes. Nesse sentido, ele chamou a atenção para cinco fatores:

  1. Preço em subida;
  2. Custos elevados;
  3. Conflito no leste europeu;
  4. Temor de escassez do resultado;
  5. Antecipação das compras no primeiro quadrimestre do ano.

Reexportação de fertilizantes

fertilizantes - canadá

Foto: Freepik

Dentro da atual peculiaridade, Giovani Ferreira destacou, ainda, que o país passou a recentemente reexportar fertilizantes. “Agora, estamos tendo que reexportar. Compramos bastante, mas temos que ‘restituir’”, comentou o diretor de teor do Meio Rústico.

Importação de fertilizantes: volume similar ao de 2021

fertilizantes - boletim agroexport

Foto: Freepik

Apesar da queda em outubro, Giovani Ferreira destacou a projeção para o todo de 2022. De conformidade com ele, as importações devem fechar o ano com volume similar ao de 2021, quando foram importadas 41,29 milhões de toneladas de fertilizantes. “Neste ano, devemos fechar na mansão das 40 milhões de toneladas“, afirmou, ao lembrar que, na tentativa de reduzir os custos, o produtor rústico brasiliano passou a fazer uso mais racional de fertilizantes.

Mesmo com a projeção de menor volume importado, o desembolso na parcial de 2022 já é o maior da série histórica iniciada em 2018. Até o momento, o país já gastou US$ 21,73 bilhões. Em 2021, por exemplo, o desembolso ficou em murado de US$ 15,14 bilhões.

Boletim ‘AgroExport’

boletim agroexport - capa

Foto: Divulgação/Meio Rústico

Apresentado por Giovani Ferreira, o boletim ‘AgroExport’ conta com edições semanais. O quadro é exibido às terças-feiras, dentro do telejornal ‘Mercado & Companhia’.

Últimas edições

Confira, inferior, algumas das últimas edições do boletim ‘AgroExport’:

+ Brasil pode espancar recorde na exportação de mesocarpo bovina e de frango
+ Setembro tem o melhor mês da história nas exportações de milho
+ Em recuperação, exportação de milho já supera 2021

remineralizadores, fertilizantes

Foto: Pixabay