Pular para o conteúdo

Custeio da soja registra subida de 67,21% em Mato Grosso, aponta Imea

- - - - - PUBLICIDADE - - - - -

soja

A safra 2022/23 de soja em Mato Grosso registra um custeio 67,21% superior em relação à safra 2021/22, fechando em R$ 4.910,24 por hectare. O resultado consta no boletim semanal da soja do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), divulgado nesta segunda-feira (24), e referem-se à consolidação do dispêndio de produção da soja transgênica.

Segundo o Imea, o aumento do custeio da safra atual no comparativo com a passada é pautado, principalmente, pelas altas nos preços dos insumos agrícolas, além dos combustíveis.

- - - - - PUBLICIDADE - - - - -

“Para se ter uma teoria, os custos com fertilizantes, semente de soja, operações mecanizadas e defensivos apresentaram incrementos de 115,75%, 69,33%, 47,51% e 27,38% no comparativo anual, respectivamente”, traz o boletim semanal.

Dispêndio operacional efetivo e totalidade consolidados

O Imea traz também em seu boletim semanal da soja a consolidação do dispêndio operacional efetivo (COE) e dispêndio operacional totalidade (COT).

“O dispêndio operacional efetivo ficou projetado em R$ 6.266,79 por hectare e o dispêndio operacional totalidade em R$ 6.557,27 por hectare nesta consolidação”, revela.

 

Clique , entre no grupo de WhatsApp do Meio Rústico Mato Grosso e receba notícias em tempo real