Pular para o conteúdo

Método para avaliação de café solúvel será destaque na SIC – Uai Agro

- - - - - PUBLICIDADE - - - - -

A Semana Internacional do Café (SIC) vai receber um novo método para avaliação de café solúvel, diferente da avaliação baseada em pontuações por notas. O novo trabalho consiste em distinguir uma intensidade de atributos, em uma escala de classificação das características sensoriais, que vai de zero a cinco, e uma classificação principal em três categorias: convencional, diferenciado ou de excelência.

Foram feitas várias provas de amostras de café solúvel do Brasil e do exterior. Foram identificadas notas de especiarias, nozes, chocolate, frutas, entre outras. Dos 15 atributos, cada um tem seu peso dentro da avaliação. Os dados são inseridos dentro de um sistema e este peso é calculado por meio de um algoritmo, que vai indicar qual a categoria do produto.

- - - - - PUBLICIDADE - - - - -

A especialista em avaliação sensorial e consultora da Abics, Eliana Relvas, explica que essa é uma forma para entender melhor o produto e, principalmente, a aplicação dele, em que os descritores podem ser extremamente positivos para auxiliar a indústria na comunicação com seus clientes.

“A comunicação entre as indústrias (grandes exportadoras e fornecedoras das grandes marcas mundiais), consequentemente, serve de base para as empresas que têm contato com o consumidor, para que ele possa tomar sua decisão de compra”, finaliza.

Próximos passos

Os próximos passos envolvem um curso sobre a avaliação do produto que deverá ser administrado a todas as indústrias e cadeias que trabalham com o café solúvel no Brasil. A ideia é formar profissionais para “nivelar” tanto o conhecimento dos clientes nacionais quanto dos internacionais. Este processo de avaliação, também deverá incluir, futuramente, um selo voluntário indicando a qualidade do produto.