Pular para o conteúdo

Manhuaçu e Luisburgo em destaque na qualidade cafeeira – Uai Agro

- - - - - PUBLICIDADE - - - - -

Entre os 150 cafeicultores brasileiros selecionados para a lanço pátrio do Cup of Excellence 2022, estão Reinaldo Garcia dos Santos, de Luisburgo e Fabiano Diniz, de Manhuaçu, assistidos pelo Programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) Moca+Poderoso. “A assistência técnica e gerencial aliada com o comprometimento dos produtores fez com que desse frutos”, comentou o supervisor do programa na região, Daniel Prado.

Os produtores estão entre os 13 representantes da região das Matas de Minas classificados nesse que é o principal concurso de qualidade do moca do mundo. Para estar entre os melhores do Brasil, as amostras dos produtores receberam nota igual ou superior a 86 pontos. Resultado comemorado por eles que se dedicam com afinco à produção de cafés especiais.

- - - - - PUBLICIDADE - - - - -

Sítio Fortaleza

Para Reinaldo, que já figurou entre os melhores do concurso da BSCA em 2017, a classificação é a prova da consistência do seu trabalho. “Não consigo viver sem o moca peculiar. Penso nisso 24 horas por dia”, disse.

O produtor investe nos cafés especiais há seis anos e há três é atendido pelo ATeG, escoltado pelo técnico de campo Sebastião Marcos de Mendonça. A atividade é realizada no Sítio Fortaleza que pertence ao pai do cafeicultor, Rubens Garcia dos Santos.

Toda a produção da propriedade é de moca peculiar. Leste ano foram 250 sacas. 100% delas com pontuação de 80 pontos ou mais. Reinaldo já fez cursos de Classificação e Degustação e Torra oferecidos pelo Sistema Faemg e contou que ele mesmo prova os cafés em procura dos melhores.

Reinaldo e Rubens dos Santos – pai e rebento na lavoura. (Foto: Divulgação)

O produtor coleciona 17 premiações em diferentes concursos regionais e nacionais e espera conseguir, mais uma vez, um bom resultado. O moca enviado ao Cup of Excellence é um catucaí vermelho cultivado a 1235 metros de altitude. “Para mim é muito importante participar de concursos e estar ao lado de grandes produtores. Há seis anos nesse ramo, pude a saber os produtores que investem em pesquisa, variedades novas, na seca e que, assim uma vez que eu, se dedicam na preparação dos cafés”, contou Reinaldo.

Cocuruto da Serra Cafés Especiais

O jovem Fabiano Diniz é a quarta geração da família de cafeicultores e para ele, o principal foco é a qualidade. Ele contou que é a segunda vez que participa do concurso, mas é uma vez que se fosse a primeira, já que agora sim está prestes. “Tentei em 2018, mas ainda era muito leigo em concursos e, principalmente, em cafés especiais”, 

Depois de receber a pontuação ele buscou melhorar técnicas antes de tentar outros concursos e em 2021 voltou às competições e conquistou prêmios. “Vi que meu potencial havia melhorado e depois de anos mandei modelo o concurso da BSCA novamente e, pra minha surpresa, passei”, contou satisfeito.

O moca enviado à competição faz secção do lote batizado pelo produtor uma vez que “lote de ouro” por ter rendido um óptimo grão nos últimos dois anos. Trata-se de um catucaí, cereja despolpado já recebeu pontuação 89 no laudo das Matas de Minas, segundo Fabiano.

Na bebida destacou-se a mel com presença expressiva do açúcar mascavo, sem perder a acidez, e sabor que lembra laranja, uma ligeiro pamonha e a suavidade de um floral.

O jovem se diz feliz e reconhecido por simbolizar o trabalho da família e o seu município na importante competição.  “Manhuaçu é grande produtora de cafés e tem produtos incríveis. Nesta edição sou o único produtor classificado de Manhuaçu e isso me anima ainda mais em simbolizar a todos cá da região”.

Ansioso pelo resultado, Fabiano já se sente vitorioso e visível de que os esforços estão sendo recompensados. “Buscamos lastrar tudo buscando sempre maior quantidade em melhor qualidade. E isso é muito importante para que seja cada vez mais expressiva nossa presença no mercado mundial”, concluiu.

Cup of Excellence 2022

Passam para a tempo internacional da competição até 40 amostras que obtiverem pontuação igual ou maior a 86 pontos. O resultado será sabido no dia 22 de outubro. Na tempo internacional serão escolhidos os melhores cafés do mundo em 2022.

Ocuparão o ranking de até 30 lotes campeões do Cupping of Exellence 2022, as amostras que conseguirem nota supra de 87 pontos. O resultado será divulgado no dia 29 de outubro. E os campeões poderão participar do leilão Cup of Excellence.

O concurso é realizado, no Brasil, desde o ano 2000 pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) e a Escritório Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), em parceria com a Alliance for Coffee Excellence (ACE).