Pular para o conteúdo

Frigorífico da Zona da Mata conquista selo do IMA e pode abranger mercado – Uai Agro

- - - - - PUBLICIDADE - - - - -

Localizado na zona rural de Maripá de Minas, na Zona da Mata, o Frigorífico Fricaire Alimentos agora é registrado pelo Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA). Autorizado a abater bovinos e suínos, além de produzir cortes resfriados e congelados, o estabelecimento recebeu suporte técnico dos servidores de inspeção. Com a conquista, a empresa vai  poder aperfeiçoar a produção, ampliar os negócios, aumentar as vendas e conquistar novos mercados.

Até conseguir a chancela do IMA, o frigorífico funcionava com registro do consórcio intermunicipal de especialidades. Em janeiro deste ano, foi aprovado o projeto apresentado pela empresa. A partir daí, realizadas as adequações sanitárias necessárias, dentre elas, as chamadas “estruturais”  que são as ligadas ao espaço físico (capacidade de produção) e previne possíveis contra fluxos no processo de produção.

- - - - - PUBLICIDADE - - - - -

Para o coordenador regional do IMA em Juiz de Fora, cidade referência na Zona da Mata, Rodrigo Carvalho Fernandes, o frigorífico é um exemplo a ser seguido. “Quando a empresa procurou o instituto, o processo ainda tramitava na forma física. Após a inserção do processo no SEI, foi possível imprimir maior celeridade nas etapas até a obtenção do registro, comprovando a busca constante do IMA para atender melhor a sociedade mineira”.

Novas conquistas 

Rumo à conquista de novos mercados e aumento das vendas, Renan Silveira, diretor geral da Fricaire Alimentos, comemora o selo. “Foi um processo bastante criterioso e demandou tempo, mas entendemos que é para melhorar a qualidade do processo e garantir a excelência. Com a finalidade da segurança dos alimentos, que é o objetivo da inspeção, agregamos valor aos produtos, ganhamos nome e trabalhamos de cabeça erguida, pois temos a certeza de que estamos produzindo um produto de qualidade”, disse.

400 estabelecimentos em MG

No estado, há cerca de 400 estabelecimentos elaboradores de produtos de origem animal registrados no IMA. Vinte e nove deles estão em Juiz de Fora e região, dentre eles, entrepostos de mel, carne, pescado e ovos; usinas de beneficiamentos e fábricas de laticínios.