Pular para o conteúdo

Célio Studart quer proibir marcação de bicho com ferro quente

- - - - - PUBLICIDADE - - - - -

deputado célio studart - projeto - marcação de animais com ferro quente

Foto: reprodução/Twitter

- - - - - PUBLICIDADE - - - - -

No que depender do deputado federalista Célio Studart, do PSD do Ceará, produtores rurais não poderão mais fazer marcações para identificar seus rebanhos com uso de ferro quente. O parlamentar apresentou, na última semana, projeto de lei que proíbe tal prática.

+ Produtores rurais protestam contra imposto por ‘eructação do boi’

A proposta de Studart consta no PL 2.658 de 2022 e refere-se, nas palavras do deputado, aos animais tidos porquê “de produção”. “Já não basta todo sofrimento que passam, muitas vezes de serem privados de sua liberdade, ainda têm que ser marcados a brasa”, afirmou o político cearense em seu perfil no Twitter. “Isso tem que terminar!”, prosseguiu.

“É evidente que a marcação por ferro candente — causadora de sofrimento desnecessário ao bicho — pode ser substituída por outras formas de marcação que causem menos ou nenhuma dor”, defende Studart em trecho do projeto, que foi guiado à mesa diretora da Câmara dos Deputados na quinta-feira (20).

Célio Studart reeleito

celio studart

O deputado federalista Célio Studart | Foto: Câmara dos Deputados

Eleito deputado federalista em 2018, Célio Studart foi reeleito nas eleições gerais deste ano. No pleito de 2022, ele recebeu 205.106 votos — sendo assim o terceiro mais muito votado do Ceará para o incumbência do poder Legislativo.

_________

Saiba em primeira mão informações sobre lavoura, pecuária, economia e previsão do tempo. Clique cá e siga o Ducto Rústico no Google News.