Pular para o conteúdo

Semana termina com o preço da soja em queda no Brasil

- - - - - PUBLICIDADE - - - - -

O mercado brasileiro de soja teve preços de estáveis a mais baixos nesta sexta-feira.

O dia foi fraco em termos de negócios, com Chicago volátil e o dólar caindo.

- - - - - PUBLICIDADE - - - - -

Os produtores seguem focados nos trabalhos de plantio.

Conforme analista de Safras & Mercado, na semana, a comercialização fica entre 200 mil e 300 mil toneladas.

Em Passo Fundo (RS), a saca de 60 quilos seguiu em R$ 182.

Na região das Missões, a cotação permaneceu em R$ 181.

No Porto de Rio Grande, o preço baixou de R$ 188 para R$ 187.

Em Cascavel, no Paraná, o preço caiu de R$ 180,50 para R$ 179.

No porto de Paranaguá (PR), a saca recuou de R$ 187,50 para R$ 186.

Em Rondonópolis (MT), a saca permaneceu em R$ 168.

Soja em Chicago

Os contratos futuros da soja negociados na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) fecharam a sexta-feira com preços em alta, ampliando a valorização acumulada na semana.

Após perdas iniciais, por realização de lucros e respondendo a fatores fundamentais, o mercado reagiu, acompanhando o cenário financeiro positivo.

O clima de aversão ao risco diminuiu nesta sexta, com bolsas subindo, petróleo se valorizando e o dólar recuando frente a outras moedas.

Com isso, as commodities também reagiram.

Mas a recuperação da soja foi limitada pelo cenário fundamental, que segue apontando bom avanço do plantio no Brasil e da colheita nos Estados Unidos.

Os contratos da soja em grão com entrega em novembro fecharam com alta de 4,00 centavos ou 0,28% a US$ 13,95 por bushel.

A posição janeiro teve cotação de US$ 14,04 1/2 por bushel, com ganho de 4,50 centavos de dólar ou 0,32%.

Nos subprodutos, a posição dezembro do farelo fechou com alta de US$ 4,60 ou 1,11% a US$ 417,90 por tonelada.

No óleo, os contratos com vencimento em dezembro fecharam a 71,50 centavos de dólar, com ganho de 1,08 centavo ou 1,53%.

Soja - igp-di - copperativas