Pular para o conteúdo

Feira Agrogenética teve novidades para o aumento da produtividade – Uai Agro

- - - - - PUBLICIDADE - - - - -

Aconteceu em Curvelo, na região Médio do estado, a 3ª edição da Feira Agrogenética. O evento foi promovido pelo Sindicato dos Produtores Rurais do município e contou com programação variada no parque de Exposições Antônio Ernesto de Salvo.

O evento é voltado para o incentivo ao uso do melhoramento genético, contribuindo para o aumento da produtividade e da renda. “A genética é fundamental para aumentar a produtividade e a renda, além de prometer a qualidade dos rebanhos e, também, das nossas lavouras. A Secretaria de Cultivação e suas vinculadas (Emater-MG, Epamig e Instituto Mineiro de Agropecuária – IMA) estão juntas com a Federação da Cultivação e Pecuária de Minas Gerais (Faemg), prefeitura e demais parceiros, mostrando a força da genética em Minas Gerais”, afirmou Thales Fernandes, Secretário de Estado de Cultivação.

- - - - - PUBLICIDADE - - - - -

Durante a Agrogenética os visitantes puderam saber processos de produção da ergástulo da músculos, do leite e do grão, além de visitar expositores, saber implementos e as formas corretas de mourejar com os animais. A programação contou ainda com shopping de animais, feira de genética e comercialização de produtos e equipamentos, além de leilões e julgamento de animais.

A feira de genética realizada durante o evento teve o esteio do Programa de Melhoramento Genético do Rebanho de Minas Gerais, coordenado pela Secretaria de Cultivação, Pecuária e Fornecimento. A iniciativa facilita a compra de animais de cima padrão genético por pecuaristas. “Em 2022, por meio do programa, a tecnologia da genética melhoradora foi transferida via 574 animais, beneficiando mais de 500 produtores”, detalha o Secretário de Cultivação. O programa já chancelou 40 eventos no estado, entre leilões e shoppings de animais, movimentando murado R$11,2 milhões, neste ano. São trabalhos voltados para a qualidade e o intercepção de F1, que apoia a manutenção da qualidade dos rebanhos de Minas, que estão disponíveis e acessíveis para os produtores rurais”, finaliza o secretário.