Pular para o conteúdo

Com tecnologias, agricultor pode reduzir em 20% uso de adubo sem perder produtividade

- - - - - PUBLICIDADE - - - - -

A disparada dos preços dos fertilizantes foi um dos grandes motivos de preocupação dos agricultores durante este ano. Não à toa, o tema foi escolhido para uma série de palestras da Embrapa, que percorre o Brasil levando informações sobre tecnologias capazes de tornar mais racional o uso do insumo para nutrição vegetal, propondo soluções tecnológicas já existentes e validadas para as diferentes regiões produtivas. O assunto também foi destaque no Bom Dia Senar-MT desta semana, que recebeu o pesquisador e Chefe-Adjunto de Transferência de Tecnologia, Flávio Wruck. 

Segundo Wruck, a jornada da “Caravana Embrapa” começou em maio e vai até o final da safra 2002/23. Ao todo, mais de 40 pólos produtivos de 10 macroregiões agrícolas do Brasil receberão os especialistas. Mato Grosso, maior produtor de grãos do país, já recebeu a comitiva, que passou pelos municípios de Sinop, Querência, Rondonópolis, Tangará da Serra e Campo Novo do Parecis.

- - - - - PUBLICIDADE - - - - -

Tópicos centrais

Direcionado para um público formado por lideranças rurais, técnicos e produtores, os encontros contemplam as características regionais e trazem palestras ministradas por diferentes pesquisadores de diferentes regiões do Brasil. São 5 tópicos centrais: “planejando onde e quando plantar: conhecendo o solo para melhor utilizar e manejar”, “Boas práticas para o uso eficiente de fertilizantes”, “novos insumos”, “soluções digitais” e “práticas mais sustentáveis de manejo”. 

Com as ferramentas apresentadas e instruções repassadas durante as palestras, Flávio afirma que “o agricultor que colocar em prática todo esse combo de tecnologia, pode reduzir em até 20% o uso de fertilizantes na lavoura até 2030, sem perder a produtividade”.

Como assistir as palestras

Para aqueles produtores que não conseguiram participar das palestras, basta acessar o site www.embrapa.br/caravana-embrapa , assinar a Caravana digital (gratuitamente) para receber e assistir todas as apresentações e materiais técnicos. “Após o período eleitoral podem acompanhar o que foi apresentado em Mato Grosso”, afirma o pesquisador. 

 

*Sob supervisão de Luiz Patroni

 

+Confira todos os episódios do Bom Dia Senar-MT

 

Clique aqui, entre no grupo de WhatsApp do Canal Rural Mato Grosso e receba notícias em tempo real